Textual, inedito e entre aspas

Kenneth Maxwell condenando irregularidades da vida publica da Inglaterra (Grã-Bretanha): “A crise no Parlamento britanico continua. O publico se enraivece cada vez mais”. Conhecemos muito bem o assunto. Só que lá, a revolta teve resultados, provocada pelos protestos de leitores (Dos jornais impressos).

Celina Alonso de Salles Oliveira, diretora do Museu Paulista, sobre o leilão de obras de arte que pertenciam ao “banqueiro”Edemar Ferreira: “Não me parece condizente que acervos publicos fiquem em mãos de particulares. Eles nos ajudam a compreender a história do Brasil”.

De um engenheiro reconhecido como dos maiores especialistas em petroleo: “A CPI da Petrobras é inutil e desnecessaria, não vai esclarecer nada. Deveriam chamar o presidente Gabrielli, o todo-poderoso senhor de todas as verbas, Santa Rosa, e outros “mestres” da produção e fazer uma sabatina”.

Como quer manter o sigilo, pergunto a razão da sabatina. Resposta: “É para ver o que esses personagens sabem sobre o pré-sal e como explorar uma area como essa, não sabem nada”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *