Velório do jornalista Paulo Henrique Amorim será nesta quinta-feira, na sede da ABI

Resultado de imagem para paulo henrique amorimPaulo Jerônimo
Presidente da ABI

É com pesar que a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) comunica o falecimento do jornalista Paulo Henrique Amorim, o PHA, como era conhecido, aos 76 anos, na madrugada do dia 10 de julho, no Rio de Janeiro. A nova diretoria da “Casa do Jornalista” ofereceu à família o espaço do 9º andar da sua sede na Rua Araújo Porto Alegre, 71, no Centro, para a realização do velório.

Geórgia Pinheiro, a viúva de PHA, aceitou a homenagem. Amanhã, de 10h às 15h, os amigos, os admiradores e as autoridades estão convidados a prestarem a última homenagem ao Paulo Henrique, no saguão no auditório da ABI. A família aguarda a chegada da filha, que mora nos Estados Unidos e deverá estar desembarcando, no Rio, amanhã pela manhã.

Jornalista inovador, com vários prêmios conquistados, blogueiro bem sucedido e escritor polêmico, Paulo Henrique Amorim foi afastado, há um mês, da apresentação do programa “Domingo Espetacular”, da Rede Record de Televisão, por imposições e censura do atual governo.

À frente de seu bem sucedido blog “Conversa Afiada” e da “TV Afiada”, Amorim transformou-se numa voz da resistência ao desmanche do Estado Democrático de Direito, que tomou conta do País, a partir de 2016.

Poder se despedir e prestar esta última homenagem a Paulo Henrique, em sua sede, é uma das maneiras de demonstrar que a nova diretoria da ABI estará sempre comprometida com a Liberdade de Imprensa e com aqueles que, no exercício da profissão, nunca abriram mão do direito de informar e ser informado.

37 thoughts on “Velório do jornalista Paulo Henrique Amorim será nesta quinta-feira, na sede da ABI

  1. Lula, Zé Dirceu, Dilma Bolada,
    todos estarão presentes para carregar o caixão e,
    preferencialmente serem enterrados junto!

    O estilo de jornalismo desse cara , IMHO, prestava desserviço à sociedade brasileira.

    Esse conseguia ser 1000 vezes mais chato que o advogado; não saiu na vejinha…

  2. Foi com uma tristeza produnda que recebi hoje pela manhã a notícia do falecimento do Lutador do Bom Combate Paulo Henrique Amorim, um jornalista sem ilusões que dedicou seus melhores esforços aos interesses e às causas do Povo Brasileiro.

    Que sua trajetória de Vida seja um exemplo às novas gerações de brasileiros.

    Vida Longa à Memória deste grande Cidadão da Republica.

    Meus sentimentos à Família e Amigos.

  3. Hoje o CN voltou aos velhos tempos comunista e resolveu postar um elogio ao pior tipo de jornalismo já praticado no Brasil. Todo o jornalista alinhado com uma facção criminosa não merece nenhum crédito. Como escrevi ontem; ninguém se torna bom porque morreu!

  4. Lamento a morte do jornalista Paulo Henrique Amorim, guardião do estado de direito,no episódio proconsult,onde o sistema Globo vergonhosamente tentou fraldar a vitória do Brizola para governador. .

    Paulo Henrique Amorim, na época estava na rádio Jornal do Brasil, denunciou a fraude..
    Devo salientar,Brizola não era o preferido do PHR..

    Pêsames a família,e que pai celestial guarde o Paulo Henrique Amorim,na senda da luz .

  5. A Tribuna é o espaço de todos. Portanto, nada mais justo que possamos homenagear a todos, que de alguma forma, contribuíram no esforço de termos um pais e uma sociedade melhor.

    Em nossa analise histórica, certamente PHA estará entre os brasileiros que fizeram ou trabalharam para isso.

    Entretanto, está faltando alguma coisa no artigo.

    Nos últimos tempos, ( lá se vão vários anos) motivado por conversão ideológica tardia, por pressões que não conhecemos ou por outras motivações menos nobres, PHA, tornou-se um insuportável defensor de toda e qualquer ação da esquerda e seus sequazes.

    Parece que quando o Brasil, começa a ir numa direção, ele, pelos motivos acima ou oportunismo de espaço, foi na direção contrária. E muito profundamente.

    Era difícil ouvi-lo , le-lo ou assisti-lo nestes tempos
    se voce nao fosse militante.

    fez para mim, uma opção lúcida e clara de passar a história nao como o jornalista destemido mas sim como o militante histérico.

    Infelizmente , para mim, e acredito para muitos esta é a imagem que vaio ficar mais forte dele.

    E isto o texto nem sequer tangencia.

    Uma pena.

    Se ele fez tanto esforço para atuar desta maneira deveria ser lembrado por ela também.

  6. “…desmanche do Estado Democrático de Direito, que tomou conta do País, a partir de 2016.”

    De novo e sempre, a história de que o impeachment de Dilma foi golpe.Pouco importa que o afastamento tenha seguido um procedimento lentíssimo e ultraformal, no qual Dilma Roussef tenha recebido e feito uso de inúmeras oportunidades de defesa. Também pouco importa que a formidável Dilma, a “gerentona mais honesta da história deste país” tenha levado a economia ao fundo do poço, compactuado com a corrupção, para dizer o mínimo, e tenha sido amplamente rejeitada pela população, que até mesmo lhe negou um mandato de senadora, contrariando todas as pesquisas, até as de boca de urna. Também pouco importa que o PT tenha apresentado pedidos de impeachment de todos os presidentes pós-1989, inclusive Itamar Franco. “Estado democrático de direito” parece significar apenas que o grupo de predileção de certos meios está no poder. Como bem resumiu Millôr Fernandes: “Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim.”

  7. Petista por conveniência, porque recebeu dinheiro do preso, e da imbecil. Não tinha a menor convicção.
    Não se deve desejar a morte de ninguém, mas, foi o que ele externou, sorrindo, em vídeo, referindo-se ao Bolsonaro: “morreria em breve”, ele, Bolsonaro. Como citei, está em vídeo, nas redes.
    Não pranteio este petista, homem falso, sem caráter.

    • Alverga tenta mais uma vez inverter a verdade.

      Paulo Henrique Amorim foi quem nos considerava seus inimigos, e não o contrário!

      Ao apoiar ladrões e corruptos do PT, escancarava a sua preferência pela desonestidade, roubos, explorações e manipulações, que fomos alvos da quadrilha petista por vários anos!

      Ora, ao tecer as suas apologias a Lula, ladrão e genocida, na razão inversa deste seu endeusamento pelo meliante, implicitamente se declarava arqui-inimigo de quem repudiava o PT e seus métodos criminosos de se manter no poder!

      Logo, a frase está muito mal postada, haja vista não traduzir a realidade política gerada pelos petistas, de crimes os mais variados e exóticos!

      Amorim só poderia ser inimigo daqueles que não compactuavam com o comportamento deletério, nocivo e nefasto do PT e de seus cúmplices!

  8. Invariavelmente devemos lamentar o desaparecimento de quem quer que seja, quanto mais quando perdemos familiares.

    Mesmo que desconhecemos a pessoa, o jornalismo televisivo coloca-a dentro de nossas casas, e passamos a dividir o mesmo espaço e, ocasionalmente, as mesmas ideias ou não, quando são por nós repudiadas, em consequência.

    O meu amigo Duarte foi cirúrgico ao comentar sobre a morte de PHA, que pegou de surpresa a todos nós.

    Faleceu um “militante histérico” e sectário petista.
    Resta saber a causa de sua histeria (comportamento caracterizado por excessiva emotividade ou por um terror pânico) que, a meu ver, tem conotações com as substanciais verbas que os petistas lhe ofereciam, antes com assiduidade, hoje inexistentes.

    Causa espécie que, um profissional experiente, peculiar, uma voz nada sonora de de se ouvir porque esganiçada e fina, tenha decidido ignorar os crimes de Lula, ladrão e genocida, para sair em defesa do criminoso sem qualquer pudor!

    Se tal demonstração de fidelidade ao petista não se encontra no dinheiro, que deveria receber para manter o seu blog como alicerce de propaganda em favor do PT, então a histeria de PHA era mesmo de fundo patológico, e que deve ter sido uma das causas do infarto fulminante que o levou embora desta vida.

    Espero que encontre a tão sonhada paz para onde está viajando.
    E tenha seus momentos próprios para refletir sobre o profissional que se apresentava ao público, especialmente para os petistas, que tanto mal ocasionaram ao povo e país!

  9. O papinho furadinho de que ninguém deve lamentar a morte de alguém.

    Hitler, Stalin, Lenin, Pol Pot, Mao, Fidel, Che……

    Esse PHA , Nassif , Mino e outros eram suspeitos. de que recebiam fortunas do governo corrupto do PT para fazerem propaganda dele e destruir reputações dos adversários.

    Se isso foi verdade e muitos afirmam que foi, isto é crime, o que dá motivo a comemoração quando vão para o inferno.
    Afinal em muitos países existe pena de morte para criminosos assim.

  10. Meu conterrâneo, Souza POA/RS,

    Quem o defendia cegamente sabemos, e quem mais o criticou neste blog incomparável foi este gaudério, Chico Bendl!

    E, eu tinha razão!]

    Hoje, as notícias dão conta que o pior presidente que tivemos na história, que cometeu o ato mais espúrio e violento contra o povo trabalhador, que, se tivéssemos um Supremo altaneiro, honesto, cumpridor da Constituição, este criminoso deveria estar preso e incomunicável desde que assinou e assassinou milhares de brasileiros, a Justiça tardiamente confiscou-lhe o jornal e a TV, que era proprietário!!!!!

    Não acredito que esteja sentindo a perda desse patrimônio, pois se trata de um indivíduo sem caráter, um sociopata, desequilibrado.
    Deve estar pensando, neste momento, de onde poderá roubar, como fez com a Petrobrás Distribuidora!

    Collor não teve nem sombra dos defensores que tem Lula.
    Impossível comparar.

    Havia meia dúzia de gato pingado, que eram fiéis ao bandido porque se aproveitaram do meliante, obtendo uma “boquinha” no parlamento.

    Exatamente como frisei no meu artigo postado ontem, que a “ideologia” da esquerda, e a “honestidade” da mídia nacional, resumem-se a dinheiro, tão somente.
    Entre se solidarizar com o povo prejudicado e lesado por Collor, melhor era garantir o “emprego”, claro!

    Abração.
    Ah, quem defendia Collor e, talvez ainda o defenda, SIMPLESMENTE É INSANO, idiota e imbecil!
    Saúde, muita saúde!

    • Meu caro conterrâneo Bendl.
      Grande escriba dessa tribuna,que nos brinda diariamente com belos comentários.

      No governo Collor,sua participação foi decisiva,a Embraer é patrimônio nosso.

      Bem,como,repassar e garantir verbas,(educação),para RJ.
      Leia-se governo Brizola.
      Não,fez mais que obrigação de um governante..
      Apesar do desespero da “organização” Globo..

      Agora,te pergunto,qual diferença entre Collor e Bolsonaro??

      Bolsonaro,com sua megalomania,resolveu dar”verbas”,para
      Os deputados
      aprovarem esse puxadinho da previdência…
      Se fosse Paulo Silim Maluf,seria chamado de ladrão..
      Se fosse o deputado ROBERTAO,diria que é dando que se recebe.

      Afinal,nós somos o quê ????

  11. PHA apostou forte numa direção. Ingenuidade dele achar que a Record não faria uma auto censura.

    O Banco Santander demitiu a Analista Financeira (Set/2014) que fazia projeções econômicas ruins para 2015, em caso de vitória da Dilma.

    • Falar em previdência,qual a contribuição dos deputados e senadores,militares nesse puxadinho….

      Nada …….vezes nada..

      Os dignos militares,estão no silêncio sepulcral neste desgoverno,diga se passagem ficaram 16 anos omisso no PT.

      Simples,seus soldos e aposentadoria é imexivel.
      Eles contribuir 3 milhões para INSS,suas pensões vão 50 milhões.
      Gerando um déficit de 47 pilas para o erário.

      Fora,sonegação das grandes empresas Globo,Record,Rede Baixo Salarios.Bancos,Gerdau,etc..

      Desemprego grandíssimo,entorno de 20 milhões de desempregado,é a informalidade campeia a passo largos..

      Com relação,ao PT,tenho horror,são uns bandidos travestidos de esquerda..
      Eu na CARRIS/POA,uma espécie de CMTC,fui perseguido e exonerado do cargo de chefia
      por não contribuir com o partido.

      Em relação PHM,sem entrar no mérito,ele defendia o estado de direito ortodoxo,com faz Sr. Carlos de Jesus,brilhante advogado q. escreve nessa tribuna.

      Outros advogados e comentários,segue a teoria do fato ou domínio do fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *